UFC Revoluciona Política Antidoping: Cannabis Medicinal agora é Permitida para Atletas

O mundo das artes marciais mistas (MMA) está prestes a testemunhar uma mudança histórica, com o anúncio recente da UFC (Ultimate Fighting Championship) de que está liberando o uso de cannabis para seus atletas. Esta decisão marca um ponto de virada significativo na política antidoping do esporte e é recebida com entusiasmo por muitos dentro da comunidade do MMA.

A partir de agora, os lutadores que competem no UFC não serão mais submetidos a penalidades por testarem positivo para o uso de cannabis durante as competições. Essa medida representa um afastamento das políticas rigorosas de antidoping que foram previamente impostas, e reflete uma compreensão crescente e uma mudança de atitude em relação aos benefícios terapêuticos da cannabis, bem como uma consideração mais ampla da justiça e do bem-estar dos atletas.

A decisão da UFC de liberar a cannabis vem em meio a um cenário onde muitos estados nos Estados Unidos e países ao redor do mundo estão legalizando ou suavizando as leis sobre o uso da substância. Reconhecendo essa evolução legal e cultural, a UFC está alinhando suas políticas com as tendências sociais e científicas emergentes.

Além disso, a liberação da cannabis também é vista como um passo positivo para abordar questões de saúde mental e bem-estar dos lutadores. Muitos atletas já utilizam a cannabis como uma forma de lidar com o estresse, a ansiedade e as lesões decorrentes da intensa rotina de treinamento e competição. Ao permitir o uso da substância, a UFC está demonstrando uma preocupação genuína com o cuidado e a saúde de seus lutadores.

Para os defensores da legalização da cannabis e da reforma das políticas antidoping no esporte, a decisão da UFC é uma vitória significativa. Espera-se que outras organizações esportivas sigam o exemplo da UFC, reconhecendo os benefícios potenciais de uma abordagem mais progressista em relação ao uso da cannabis.

A decisão da UFC de liberar o uso de cannabis para seus atletas representa um marco importante na história do MMA e um passo positivo em direção a políticas antidoping mais justas e baseadas em evidências. Essa mudança não apenas reflete uma compreensão crescente dos benefícios da cannabis, mas também destaca o compromisso da UFC com o bem-estar e a saúde de seus competidores. Acompanhe o artigo a seguir com a Hempgan para entender mais:

O que é a Cannabis e quais são os tipos existentes?

A Cannabis, também conhecida como maconha ou cânhamo, é uma planta com flores que pertence à família Cannabaceae. É conhecida por seus usos recreativos, medicinais e industriais. A planta contém diversos compostos químicos, sendo os principais os canabinoides, terpenos e flavonoides.

Existem três principais tipos de Cannabis, cada um com características específicas:

Cannabis Sativa: Esta é uma das duas principais espécies de Cannabis, conhecida por suas folhas longas e finas. As plantas de Cannabis sativa tendem a ser mais altas e esguias em comparação com a Cannabis indica. Ela é frequentemente associada a efeitos cerebrais estimulantes e energizantes, sendo utilizada para tratar condições como depressão, fadiga e falta de apetite.

Cannabis Indica: Esta é a segunda das duas principais espécies de Cannabis, caracterizada por suas folhas curtas e largas. As plantas de Cannabis indica geralmente têm um aspecto mais compacto e são mais curtas em estatura. Ela é frequentemente associada a efeitos físicos relaxantes e sedativos, sendo utilizada para tratar condições como dor crônica, insônia e ansiedade.

Cannabis Ruderalis: Esta é uma terceira espécie menos comum e menos conhecida de Cannabis. As plantas de Cannabis ruderalis são pequenas e de crescimento rápido, originárias de regiões de latitude mais elevada, como a Rússia e partes da Ásia Central. Elas têm baixos teores de THC (o principal composto psicoativo da Cannabis) e são frequentemente cruzadas com outras espécies para criar variedades com características específicas.

Como a Cannabis age no corpo do atleta?

A cannabis possui compostos químicos chamados de canabinoides, sendo o THC (tetra-hidrocanabinol) e o CBD (canabidiol) os mais conhecidos e estudados. Esses compostos interagem com o sistema endocanabinoide do corpo humano, que é responsável por regular uma variedade de funções fisiológicas, incluindo o humor, o sono, o apetite, a dor e a resposta imunológica.

No contexto de atletas, o uso da cannabis pode afetar o corpo de várias maneiras:

Gestão da dor: O THC, em particular, é conhecido por seus efeitos analgésicos e pode ajudar no alívio da dor muscular e das lesões decorrentes do treinamento intenso e da competição.

Redução da inflamação: Tanto o THC quanto o CBD possuem propriedades anti-inflamatórias, o que pode ser benéfico para atletas que sofrem de inflamações crônicas devido ao estresse físico constante.

Redução da ansiedade e estresse: Alguns atletas relatam que o uso de cannabis ajuda a reduzir a ansiedade e o estresse associados ao desempenho esportivo de alto nível, proporcionando um estado de relaxamento mental.

Melhora do sono: O CBD tem sido estudado por seus potenciais benefícios na regulação do sono, ajudando os atletas a obterem um descanso de melhor qualidade, o que é importante para a recuperação muscular e o desempenho atlético.

Recuperação muscular: Alguns estudos sugerem que os canabinoides podem promover a recuperação muscular após o exercício, possivelmente reduzindo a rigidez e acelerando o processo de cura de lesões.


Como iniciar o tratamento com Cannabis Medicinal?

Iniciar o tratamento com Cannabis Medicinal é uma decisão importante e que requer cuidados específicos. Primeiramente, é fundamental buscar o acompanhamento de um especialista médico capacitado nesse tipo de terapia. Este profissional será capaz de avaliar suas necessidades de saúde, histórico médico e orientá-lo de forma adequada sobre o uso da cannabis para tratamento.

A consulta com o médico especialista permitirá discutir as opções disponíveis, dosagens, formas de administração e possíveis efeitos colaterais. Além disso, ele poderá fornecer orientações sobre a obtenção legal da cannabis medicinal, garantindo que todo o processo esteja dentro das normas legais e éticas.

Seu próximo passo para o bem-estar está no Shop CBD da Hempgan.

Categorias

Posts Recentes

Assine a nossa newsletter

Inscreva-se para receber novidades e ofertas exclusivas

    Seu e-mail será usado apenas por nós para enviar ofertas especiais e novidades de produtos. Não compartilhamos seus dados.

    Contato

    Conecte-se conosco nas Redes Sociais

    Acompanhe as histórias de cura e bem-estar de nossa comunidade Hempgan e compartilhe a sua própria jornada.

    The definition of “THC-free” corresponds to an amount below the detectable limit by validated scientific methods. This product should not be used by persons under 18 years of age. Use of this product should strictly follow the instructions on the label. If you are pregnant or breastfeeding, avoid using it. Before starting to use this product, especially if you have serious medical conditions or are on prescription medication, consult a physician. It is always recommended to seek medical advice before using this and any other dietary supplement products. All trademarks and copyrights are owned by their respective owners and are not affiliated with, nor do they endorse these products. By using this site, you agree to comply with the Privacy Policy and the Terms & Conditions set forth here. Void where prohibited by law. These statements have not been evaluated by the FDA (Food and Drug Administration). This product is not intended to diagnose, treat, cure, or prevent any disease. Full Disclaimer

    Formas de Pagamento

    Ambiente Seguro

    Shopping cart0
    Seu carrinho está vazio =(
    Continuar Comprando